Buscar
  • Marco Aurélio Júnior

NUFC x LFC: Uma aula de perder gols, um compilado de palavrões

Texto por @marcothejunior

Poucas chances. Quando existiram foram perdidas (Foto: liverpoolfc.com)

O torcedor brasileiro do Liverpool nunca falou tanto "Fruta que caiu" e "Vai tomar cajú" na vida quanto hoje assistindo o jogo contra o Newcastle. Mohamed Salah e Roberto Firmino foram os principais responsáveis, inclusive, com destaque para o egípcio.


Assim como contra o West Bromwich, o Liverpool fez mais um jogo fraco, apático, com um nível extremamente abaixo do que estamos acostumados. Erros de passe, falhas horríveis na transição, falta de criatividade e, principalmente, gols feitos sendo perdidos.

Não dá para entender como o Liverpool saiu de maior média de gols da Inglaterra para um time tão horrível na tomada de decisão. Foram raros os lances que podemos dizer que o time mandou bem. (Para alguns já seria #ForaKlopp).


Aliás, não só ofensivamente, mas que time fraco na defesa né!? Ok, estamos sem nenhum zagueiro profissional. Mas não é motivo pra tomarmos tanta pressão de West Bromwich e Newcastle! Nosso meio campo não existe quando não temos a posse, e mal existe quando temos! QUE HORROR!


Jürgen Klopp precisa mudar, não pode ser teimoso como Pep Guardiola. Nossos jogadores precisam entrar com mais vontade, não somos um time sem torcida como os azuis de Manchester.


Somos os atuais campeões ingleses, somos os líderes da Premier League. Mas estamos jogando daquele mesmo jeito de quando perdemos a vaga europeia para o West Ham na primeira temporada de Klopp em Merseyside. Isso é inaceitável.