Buscar
  • Marco Aurélio Júnior

Um nocaute do Liverpool no Boxing Day


WE ARE ON FIRE! (Foto: liverpoolfc.com)

Um jogo a menos e treze pontos de vantagem para o vice-líder. Meus amigos, esse título inglês só não será nosso se Paisley não quiser! Fora de casa, contra o até então invicto Leicester dentro do seu mando, vencemos por 4 a 0. Dois de Firmino, um de Milner e um de Alexander-Arnold.


O Liverpool contou com a volta de Wijnaldum, após lesão que o tirou do Mundial de Clubes, e conquistou a vitória sobre o vice-líder, valendo muito mais que apenas três pontos. O Leicester sequer chutou ao gol! Dominamos, assim como estamos fazendo nessa temporada na Premier League.

Wijnaldum no lugar de Chamberlain foi a única mudança em comparação ao time que enfrentou o Flamengo

O jogo começou da mesma maneira que a final do mundial, um domínio enorme dos Reds. Logo no início já houve uma grande oportunidade com Salah, e assim seguiu por todo o primeiro tempo. O placar foi aberto aos 31 minutos, com Firmino de cabeça após cruzamento perfeito de Alexander-Arnold.


Deu para perceber uma leve mudança na postura defensiva em comparação à última partida. A linha defensiva ficou posicionada muito próxima ao meio de campo, anulando, por exemplo, o jogo de passes adversário. Em contrapartida, Vardy conseguiu aproveitar duas bolas nas costas, oportunidades essas salvas pela boa recomposição do Liverpool.


O segundo tempo até começou melhor para o Leicester, mas na reta final os Reds mataram o jogo. Aos 70 minutos Milner converteu pênalti. Aos 73 minutos, Firmino aproveitou mais um excelente cruzamento de Arnold, desta vez por baixo, para marcar. E, por fim, aos 77 minutos, Arnold recebeu de Mané em contra-ataque veloz e botou no fundo das redes.


Como dito anteriormente, dominamos! O Leicester estava invicto dentro de casa, tomando apenas cinco gols em nove jogos. O Liverpool marcou quatro em um só jogo, tirando a invencibilidade do adversário. Alisson sequer trabalhou, os Foxes não conseguiram chutar em direção ao gol.

Melhor em Campo: Alexander-Arnold. Uma partida absurda do lateral scouser. Muito regular, perfeito ofensivamente. Foram duas assistências perfeitas somadas a um gol digno de lateral. MAGNÍFICO!


Destaque Positivo: Roberto Firmino. Foi muito difícil escolher entre o brasileiro e o scouser. Os dois fizeram uma partida maravilhosa. Bobby marcou dois gols, participou de quase todas as oportunidades de gol do time. A Kop está mais do que certo!


Destaque Negativo: Andrew Robertson. Okay, podem me criticar. Mas em uma partida onde todos foram excelentes, o destaque negativo tem que ser aquele que menos acertou. Achei o escocês um pouco abaixo do que sempre joga, errando em algumas decisões mostrando um certo medo de arriscar em campo.


O próximo compromisso do Liverpool será no domingo, 29 de dezembro, dentro de Anfield contra o Wolverhampton. O jogo terá início às 13h30, horário de Brasília, e contará com a transmissão da ESPN Brasil.