Buscar
  • Vitor Nicchio Casotti

Four season wonder: Salah no topo europeu


Mohamed Salah chega a marca de 20 gols pelo quatro ano consecutivo (FOTO: Reuters)

Embora o desempenho de Mohamed Salah permaneça inabalável, a temporada do Liverpool está longe de atingir as expectativas criadas pelos seus torcedores. Os reds estão na 6ª colocação da Premier League, fora da zona de classificação para a Liga dos Campeões 21/22. O camisa 11, que chegou para brigar por posição com Philippe Coutinho, ajudou os reds a conquistar a Premier League depois de 30 anos de espera e está em sua 'quarta temporada extraordinária' quebrando muitos recordes.


Apesar da irregularidade na liga, o Liverpool briga para estar entre os quatro primeiros, buscando recuperar a curta hegemonia criada com Jurgen Klopp. Uma das razões para a temporada de fracasso no cenário nacional é o desempenho do trio de ataque. Enquanto Salah é o artilheiro da competição, com 17 gols, Firmino (6) e Mané (7) somam 13 - mesmo número de gols que Calvert-Lewin (Everton), Harry Kane (Spurs) e Hueng-min Son (Spurs).


Desde a temporada 2017/18, Mo Salah balançou as redes e criou mais chances claras de gol do que qualquer outro atacante na Premier League, como podemos ver no gráfico abaixo:

ILUSTRAÇÃO: Twitter/@FootyThreads_

Com a camisa do Liverpool, Mohamed Salah soma 118 gols em 186 partidas (0,63 gol por jogo). Contando somente ligas nacionais, apenas Roberto Lewandowski (32) e Cristiano Ronaldo (31) tem mais gols decisivos para a conquista dos três pontos do que o egípcio (27).


Além disso, Salah tem mais gols de pé esquerdo do que qualquer outro jogador (74) no campeonato inglês se contarmos desde a temporada 2014/15, 26 a mais que o segundo colocado Mahrez.


A 'Salahdependencia' existe?


Ao deixar a Roma, e rumar a Terra da Rainha por £35m, em 2017, Salah não chegava como uma grande contratação apesar dos 19 gols e 13 assistências nos 41 jogos pela Roma na temporada 2016/17. No entanto, o jogador foi o principal nome do Liverpool naquele ano, sendo eleito o terceiro melhor jogador do mundo pela FIFA.


De ‘One season wonder’ (lema criado pelos rivais do Liverpool para menosprezar a temporada incomum do egípcio), Salah se tornou o primeiro jogador do Liverpool a marcar mais de 20 gols (todas as competições) em quatro temporadas consecutivas. O último red a fazer algo parecido foi Ian Rush, maior artilheiro da história do clube, que marcou mais de 20 gols seis temporadas seguidas (81/82-86/87).


Salah comemora gol contra o Leeds (FOTO:Getty Images)

Na vitória por 4 a 3 diante do Leeds United, o nosso craque se tornou o segundo jogador da história da Premier League a marcar na Rodada 1 por quatro temporadas consecutivas - igualando-se ao Teddy Sheringham (1992-1995). De qualquer forma, tornou-se o primeiro da história do Liverpool.


Nos últimos anos, o LFC tem se destacado pelo jogo coletivo. O momento difícil para os homens de Klopp os colocam a 16 pontos do líder Manchester City, numa má fase que conta com uma sequencia de três derrotas seguidas - 5 nos últimos 8 jogos.


Independentemente, o trio de ataque dos Reds sempre foi um diferencial, ao contrario da dependência encontrada em outros grandes da Europa, como é o caso do Barcelona de Lionel Messi. Ao ter Salah tão soberano, estaria o Liverpool rumando em direção ao caminho errado?


#YNWA