Buscar
  • Felipe Sales

Rhian Brewster é vendido com opção de recompra por 3 anos

Texto por @_salesfelipefs da @LFCBrNews

Brewster é uma das grandes promessas do Liverpool, mas não tem muito espaço em Anfield (Foto: liverpoolfc.com)

O Liverpool acertou a transferência permanente de Brewster para o Sheffield United por £23,5 milhões com cláusula de recompra válida por três anos. O jovem atacante inglês foi vendido por conta da falta de espaço no time principal em Anfield, e os Reds garantiram 15% numa venda futura.


Na temporada passada, Rhian Brewster desempenhou um bom papel atuando pelo Swansea City, anotando 11 gols em 22 jogos. O bom rendimento atuando no clube galês fez com que os torcedores acreditassem que o atacante conseguiria mais espaço no elenco de Jürgen Klopp.


O técnico alemão até chegou a informar que contaria com Rhian, mas a contratação de Diogo Jota e o fato de que o Liverpool não conseguiu vender algumas peças "dispensáveis" fez com que ele se tornasse mais um negócio para Michael Edwards.

Essa foi a 3° venda dos Reds na atual janela de transferências, Lovren e Hoever também foram negociados e renderam cerca de £19 milhões aos cofres do clube. Brewster fez apenas 4 jogos oficiais com a equipe principal do Liverpool, não marcou nenhum gol e ficou zerado em assistências. Atuou na Community Shield e acabou perdendo o pênalti que deu o título ao Arsenal.



Contamos com 4 atletas no elenco principal que podem atuar na função de centroavante: Firmino, o titular absoluto; Minamino, que vem substituindo o brasileiro e ganhando espaço na temporada; Origi, que prefere atuar pelas pontas, porém faz a função de "9"; e o Diogo Jota, recém contrato que atua nas três posições do ataque. Por esse motivo, uma negociação do Brewster era eminente e foi a melhor escolha para a carreira do jovem, além da cláusula de recompra que "assegura" o Liverpool de não perder um potencial artilheiro.