Buscar
  • Pedro Henrique

Opinião: vale a pena o Liverpool se arriscar com Thiago?

Texto por @pedroh.1501

Foto: Ben Stansall/AFP

A bola da vez no Liverpool é o meia Thiago Alcântara, de 29 anos. Campeão europeu, mundial, espanhol e alemão, o jogador é muito bem sucedido em sua carreira. Vou até além, é um craque de bola, e é exatamente o que precisamos.


Quem acompanhou o Liverpool durante toda a temporada é obrigado a admitir que, vencemos a liga com méritos, mas em muitas das vezes nós passamos longe de produzir tudo que podíamos.

Longe de mim criticar o time que pôs fim ao jejum de 30 anos que assombrou toda uma geração de Reds. Mas é fato que o futebol praticado pelo Liverpool nas duas últimas temporadas (17/18 e 18/19) foi algo mais bonito de se ver. Sentíamos mais confiança no time e nos jogadores. E o que eu quero dizer com isso? Como todo time que almeja permanecer no topo por muito tempo, saber a hora certa de renovar algumas peças é essencial.


Pro meio-campo hoje temos Fabinho, Henderson, Keita, Ox, Milner e Wijnaldum, sem contar com o garoto Curtis Jones e aqueles que não ficarão: Lallana e Shaqiri.


É um número até bom, mas levando em conta que Milner cada vez mais passará a ser um backup de lateral, Keita é sempre uma incógnita e a dupla Ox e Wijnaldum já renderam muito mais, fica claro que falta algo precisa ser feito nesse meio campo. E esse sinal de alerta foi ligado após os jogos bem fracos que fizemos pós-paralisação da pandemia.


Muitos jornais noticiaram que Jurgen Klopp já mandou buscar o espanhol. O problema ainda são as cifras, o Bayern pede 40 milhões de Euros, enquanto o Liverpool espera fazer negócio pela merreca de 25 milhões de Euros.


Lá no Facebook até escrevemos sobre o muquirana que existe no Liverpool. Ou é o Klopp ou é a FSG. Mas independentemente de quem seja, alguém tem que tirar a mão do bolso pra não ficar com um elenco limitado.


Esses dias o pessoal do Footure trouxe alguns dados muito interessantes sobre Thiago. Além de ele jogar em todas as posições centrais, me chamou muita atenção a gritante diferença aos nossos meias quando se trata do número de passes e também em alguns aspectos defensivos. Veja:

Gráfico: Footure
Gráfico: Footure

Na primeira imagem mostra o números de passes de Thiago, muito superior aos nossos jogadores, e na segunda a superioridade se torna ainda mais gritante, aonde ele só perde pra Keita e Fabinho no número de desarmes, mas é bem superior nas interceptações de bola.


Com certeza uma surpresa, já que muita gente tem a falsa impressão de que ele é um meio campo que não marca. Pelo contrário, ele pisa muito menos na área ofensiva do que defensiva. Com certeza é aquele cara de controle total sobre o meio campo. A peça que a torcida tanto pede.


A maior preocupação é quanto as lesões, mas em um levantamento feito por mim via Transfermark, olhando as duas últimas temporadas, Thiago se machuca mais do que Henderson e Wijnaldum, mas bem menos que Naby Keita.


Logo, deixo o rótulo de jogador de vidro por conta de você leitor. Segue os números:

Diante de tudo, eu acharia uma burrice sem tamanho deixar passar uma contratação desse nível. Dificilmente o jogador vá render uma grana futura ao Liverpool, mas o retorno técnico será gigante. Ambição é importante em um time que pretende ficar por bastante tempo na primeira prateleira do futebol mundial.