Buscar
  • Anderson Zotto

W. E. Barclay: o primeiro treinador do Liverpool

Atualizado: 29 de Mar de 2020

Editorial

Após a publicação que fizemos no Facebook, pedindo o que vocês gostariam de ler no site, nós da equipe Liverpool FC Brasil e Nunca Caminhará Sozinho decidimos por criar três séries: Os Treinadores do Liverpool; Ídolos em Campo; e Grandes Episódios de Anfield.


Como visto no título, a primeira que estamos lançando é sobre os treinadores do Liverpool. Nesta série falaremos sobre todos os técnicos que passaram pelo clube, desde Barclay até Klopp, com textos todas as terças-feiras. Esperamos que gostem!

Foto de W.E. Barclay

O primeiro treinador do Liverpool FC

Hoje começaremos falando a respeito do primeiro treinador da história do Liverpool Football Club, responsável por montar nosso primeiro elenco, por nos colocar nas primeiras competições e nos trazer nossos primeiros títulos. Aliás, Barclay também foi o primeiro técnico da história do Everton também!


A história de quem nos deu o nome de Liverpool

William Edward Barclay nasceu em Dublin em 1857. Trabalhou por anos entre as cidades de Belfast, Bolton e Aberdeen antes de chegar em Liverpool, em 1880, para assumir o cargo de governador da Everton Terrace Certified Industrial School.


Logo que chegou, Barclay começou a participar da organização do clube que estava sendo fundado na região, o Everton, se tornando o primeiro técnico da história dos Toffees. Comandou o clube nas primeiras 22 partidas e acabou por desenvolver amizade com o então presidente do clube, John Houlding.


Após a primeira temporada no comando do Everton, o treinador passou a participar do campo administrativo do clube, sendo diretor, secretário e tesoureiro. Como tesoureiro, Barclay foi um dos entusiastas da ideia de comprar Anfield, ao lado de Houlding, mas acabou não funcionando assim, visto que os Toffees decidiram ir para Goodison Park.


LEIA TAMBÉM: JOHN HOULDING: O CRIADOR DO LIVERPOOL


Com a mudança do Everton para outro estádio, Barclay decidiu por se desfiliar do clube, embarcando com John Houlding na aventura de criar um segundo time para a cidade. Aliás, foi Barclay quem sugeriu o nome Liverpool, após a Football Association recusar o nome "Everton Athletic" por já existir outro na cidade.

"Foi ideia de William Barclay dar o nome de 'Liverpool' para o novo clube de John Houlding" (Foto: Steven Horton)

Títulos logo nas primeiras temporadas

Como primeiro técnico do Liverpool, Barclay foi o responsável por levar o pedido de ingresso na primeira divisão. Porém a FA negou o recurso alegando que o Liverpool não se inscreveu também para a segundo. Assim, o clube ficou de fora da disputa nacional em sua primeira temporada.


Porém, na identificação de talentos Barclay foi absoluto. Recebeu a quantia de 500 libras de Houlding para contratar jogadores, assim adentrando o interior da Inglaterra e da Escócia e trazendo talentos para formar o time. Dentro de campo, pela Lancashire League (uma espécie de liga do norte do país), o Liverpool ganhou em 1892/93 o primeiro troféu da sua história.


Na temporada seguinte, com 22 vitórias e seis empate, com média de mais de quatro gols por jogo, o Liverpool conquistou a segunda divisão nacional, de forma absoluta e inquestionável. Ali Barclay provou seu talento como gestor dentro de campo.


Porém, quando necessário o comparecimento a Londres para organizar o campeonato na primeira temporada do clube na elite nacional, Barclay acabou sendo trocado por McKenna, devido a bobagem realizada dois anos antes.


Dentro de campo a máquina do ano anterior não se repetiu na elite e o Liverpool acabou sendo rebaixado com a última colocação. Barclay então decidiu abondar o cargo de treinador, focando apenas na administração do clube. O primeiro treinador da história dos Reds ficou na diretoria até sua morte, em 1917.