Buscar
  • Guilherme Ferreira

O parceiro de Van Dijk pode ser decidido no "dois ou um"?


Van Dijk é o pilar da defesa do Liverpool desde que chegou ao clube (Foto: liverpoolfc.com)

Na minha infância, toda vez que tínhamos de decidir algum escolhido entre a molecada toda, nós recorríamos, quando não a porrada e base do grito, ao velho dois ou um. Nele, todos colocavam, ao mesmo tempo, dois ou um com os dedos da mão, e aquele que colocasse o número diferente da maioria era eliminado. Até que restasse somente duas pessoas e fosse decidido no par ou ímpar.


Penso que é assim que muitos decidiriam o parceiro de Van Dijk. Pra massa, Matip, Gomez ou Lovren tanto faz. Joga aquele que não estiver no estaleiro.


Fazendo uma linha temporal, o primeiro a viver seu auge com o manto foi o General Lovren. Chegou até a final da Champions e conseguiu parar o Cristiano Ronaldo. Mas não foi o suficiente pra trazer o título para Anfield. Ainda assim, chegou a final de Copa do Mundo defendendo sua nação. Quando todos esperavam que ele fosse emplacar de vez, vieram as lesões e o tiraram de cena.


Aí foi a vez do jovem Gomez. Até então muito contestado por suas atuações improvisadas na lateral-direita, ele teve um excelente início de Premier League na temporada 18/19. Tava voando baixo, até que as lesões o impediram de ter sequência. E por ironia do destino, sua lesão veio em uma partida contra o Burnley em que ele estava improvisado na lateral.


Nesse momento só restava o Matip. O camaronês até então não tinha justificado seu desembarque em Liverpool. Suas recorrentes lesões o impediam de ter sequência e mostrar seu futebol. Mas não dessa vez! Ele emplacou de vez e conquistou o título da Champions sendo um dos destaques do time, tendo inclusive jantado o Messi em Anfield e passado para um gol na final do torneio.


Agora vai? Não! No início dessa temporada o camaronês se machucou e deu lugar ao croata - que prontamente se machucou, após boas atuações, e agora dá vaga a Joe Gomez. O desafeto do Sterling tem atuado muito bem e, sob a batuta de Van Dijk, conseguiu emplacar cinco clean sheets seguidos na PL. Com isso, apesar do péssimo início de desempenho defensivo na competição, hoje nós temos a melhor defesa.