Buscar
  • Mauricio Cruz

O Liverpool está em outro patamar!


(Foto: liverpoolfc.com)

A essa altura do campeonato, eu já devia estar acostumado.


Não é da Premier League que falo agora. Falo de tudo. O meu Liverpool está na boca do povo.


Do “time do Gerrard que não ganha nada” para “um dos maiores times da história da bola”.


Hoje li no twitter um famoso jornalista da imprensa esportiva paulista perguntando se o Liverpool era um dos maiores times da história mesmo, ou se a concorrência andava fraca. Milton Neves, autor da pergunta, deve ter um zilhão de seguidores nas redes sociais. Rei do merchan e conhecido por todos em Sampa, tem uma infiltração enorme no meio esportivo da cidade. Confesso que não sei o alcance dele em outros cantos do país.


Quando falei “essa altura do campeonato”, lá no início, o que eu quis dizer era com o Liverpool campeão europeu, há 1.000 dias sem perder no Anfield pela Premier, campeão do Mundo batendo o Flamengo (time de maior torcida do país e transmitido pelo maior canal de TV aberta do Brasil) na final do Mundial de Clubes, eu já devia estar menos surpreso.


Menos surpreso com o fato de eu sair com a camisa do Fabinho, a terceira, preta, dessa temporada, e as pessoas falarem “Vai, Liverpool” nas ruas. Já deveria estar acostumado a ver mais camisas do Liverpool nas ruas da cidade. Piratas, originais, estranhas. Tem de tudo, sempre com o Liverbird no peito. Eu deveria esperar que agora somos o time-modelo, parâmetro de comparação em qualquer bate-papo sobre futebol. Seja na ESPN, que nunca nos abandonou como gigante que sempre fomos, seja pela TV aberta acostumada a falar do futebol tupiniquim. Até em rodas de bar, se fala no invencível Liverpool entre papos sobre Palmeiras sem Mundial, São Paulo que não ganha nada há séculos e Corinthians falido. Hoje todo mundo conhece o Mané, o Salah e o Van Dijk. O porteiro, o executivo, o açougueiro. Quem gosta de futebol, fala da gente. Alguns ainda acham que Robertson é um lateral inglês fraquinho, mas faz parte. Sabem da existência dele, e isso já é além do esperado.


Se antes éramos o time decadente da Inglaterra que dependia dos chutes de fora da área do Judas até 3, 4, 5 anos atrás, hoje somos o melhor time do mundo. Estamos na crista da onda. Nas alturas. Somos o time modinha...


E, sim, Milton Neves: estamos fazendo história! E os concorrentes, Bayern de Lewa, Barça de Messi e City bi campeão inglês de Guardiola estão ficando pelo caminho.


O mundo se rende ao nosso Liverpool!


#YNWA