Buscar
  • Mauricio Cruz

Nosso caminho na Champions está traçado, vamos Liverpool!

Texto por @MauricioLeCruz

Grupo quase da morte?, by Liverpool FC
Grupo quase da morte? (Foto: liverpoolfc.com)

Pronto. Saiu nosso caminho na próxima UEFA Champions League. O sorteio foi realizado na tarde dessa quinta, dia 01/10. E posso te adiantar: não tem pera doce.


Ajax de David Neres, Tadic e Anthony. Atalanta, sensação italiana de Papu Gomez. E Midtjylland (quem??), da Dinamarca, para completar o grupo e servir de fiel da balança. Escapamos do Barcelona de Messi, da Inter de Lukaku, do Borussia de Halland. Mas nosso grupo não será fácil.


“Ain, mas quem quer ser campeão tem que ganhar de todo mundo”. Verdade. Mas prefiro jogar contra “todo mundo” quando tiver numa fase mais avançada da competição. Então não me venha com essa balela.

O Ajax tem um time pra lá de arrumado. Apesar de acreditar piamente que eles seriam presa mais fácil para a gente do que foi o Tottenham naquela final da Champions League de um ano atrás, quando estavam no auge da molecada (Ziyech, De Beek, Neres, De Ligt, Onana parando até sinal de wi-fi e Tadic deitando), o time atual ainda é muito bem organizado. Esses caras tem uma visão absurda de garimpar bons moleques para fazer um time jovem, rápido e goleador. A nosso favor, como seria em Madrid 18/19, a experiência.


Não se engane com o nome. A Atalanta joga um futebol bonito e marcador de gols. Não a toa, deixaram gente boa pelo caminho na Champions passada. Mataram o Shaktar e o Valencia, e foram eliminados com requintes de crueldade pelo PSG de Neymar.


Há alguns meses, o time italiano tinha um recorde de gols marcados em jogos em sequência. Papu Gomez, meia argentino e veterano, é o maestro do time. Muriel, fazedor de gols colombiano, ajuda. Terminaram em 3º na última Série A, atrás da bugada Juventus e do bom time de Antônio Conte, a Internazionale. Atacam muito e fazem muitos gols. Parecem até... o Liverpool? Chumbo trocado não dói? Dói para quem tomar mais tiros...


Por fim, temos o inexpressivo Midtjylland. Campeão da última liga da Dinamarca com sobras, não deve oferecer tantos perigos para os outros times do grupo. Quer dizer, o Liverpool, em sua história recente (menos pior nas últimas 3 temporadas) tinha a proeza de se atrapalhar com times menores. O Basel nos manda lembranças. E os quase amadores do Estrela Vermelha também.

Brasileiro Evander, ex-Vasco, é um dos destaques do time dinamarquês (Foto: Twitter @fcmidtjylland)

Claro, somos favoritos ao primeiro lugar do grupo. Me arrisco a dizer, se continuar como está até agora, que somos favoritos a sétima orelhuda. Com Thiago entrando no time devagar, e a coisa se encaixando, temos tudo para brigar pela taça.


Deixa que a imprensa fale de CR7 x Messi (Juve e Barça caíram no mesmo grupo). Que a torcida do City fique feliz com mais um sorteio mamão-com-açúcar pro time de Guardiola (Porto? Sério?). Que falem dos bons embates entre PSG x Man United, Bayern x Patético, Real Modinha x Inter... A gente vai comendo pelas beiradas.


Nosso destino está traçado. E há, sim, um pote de ouro no final dele.


#YNWA