Buscar
  • Caio Victor

Liverpool FC Patriots, o time que se recusa a perder


Uma temporada memorável capitaneada por Jordan Henderson, símbolo desse time vencedor (Foto: liverpoolfc.com)

Estamos há 40 jogos sem perder na Premier League, só o Arsenal ficou mais jogos invicto (49). E a forma como chegamos a esses números é o que mais chama atenção. Jurgen Klopp conseguiu elevar o patamar alcançado pelo Manchester City de Guardiola na temporada 2017-18, o que permite sonhar com o recorde de pontuação da competição (100 pontos) e, quem sabe, até vencer a liga sem perder nenhum dos 38 jogos, feito conseguido apenas por um time; o Arsenal de Thierry Henry.


Muitas vezes, parece que a derrota ou um resultado adverso está próximo, mas algo acontece em nosso favor e faz com que a vitória venha correndo para nossos braços. É um roteiro muito parecido com o que acontece com o New England Patriots, time da National Football League (NFL), a competição de futebol americano dos Estados Unidos. Os Patriots, time da região de Boston, é o time mais dominante do século no esporte. Ganharam 6 vezes o campeonato nacional e,mesmo quando não eram os favoritos, eles arrumavam um jeito de vencer as partidas decisivas seja no talento individual do ataque ou na força da defesa. Com a mentalidade vencedora do treinador Bill Belichick e o talento do quarterback Tom Brady eles venceram jogos impossíveis, como o SuperBowl (final do campeonato) contra o Atlanta Falcons, quando o time perdia por 28-3 no último quarto.


Esse cenário descrito parece muito com uma virada épica que aconteceu em Anfield na temporada passada, não. e até mesmo na atual temporada. Na vitória contra o Wolverhampton, parecia que a equipe não tinha mais força pra buscar a vitória, mas mesmo assim conseguimos vencer com um gol no finzinho, marcado por Bobby Firmino. Klopp, um treinador que trabalha muito o psicológico de seus jogadores, consegue motivá-los e convencê-los de que nada é impossível. Van Dijk é o cara que rege nosso defesa de forma incrível. No ataque, temos talento de sobra pra resolver em uma situação difícil. E a vontade de vencer sempre que não pode faltar em um time que quer fazer história, em um time que se recusa a perder.