Buscar
  • Anderson Zotto

Lincoln City e Liverpool voltam a se enfrentar depois de 59 anos

Texto por @zottoanderson

O estádio Sincil Bank, casa do Lincoln City, receberá a partida histórica (Foto: Twitter @LincolnCity_FC)

25 de fevereiro de 1961, esta foi a data da última partida oficial entre Liverpool e Lincoln City, válida pela segunda divisão. O jogo terminou em 2x0 para o Liverpool, que contava com uma escalação peculiar e totalmente desconhecida até mesmo para o mais fanático Red.


Naquele tempo sem substituições permitidas e numeração fixa de 1 a 11, o Liverpool entrou a campo, seguindo a ordem de numeração, com: Bert Slater, John Molyneux, Gerry Byrne, Gordon Milne, Dick White(c), Tommy Leishman, Kevin Lewis, Alan A'Court, Dave Hickson, Jimmy Melia e Johnny Morrissey. Reconheceu alguém, torcedor?


O tabu histórico de tanto tempo já é uma curiosidade em si, afinal, 59 anos é muito tempo e o próprio mundo e o futebol eram outros. Porém, nada impede que possamos elencar mais curiosidades de um confronto tão remoto e tão raro, já que em pouco mais de 128 anos de nossa história, ele veio a ocorrer somente em 23 oportunidades.

1. Nunca na Primeira Divisão

A equipe do Lincoln City nunca atuou na primeira divisão. Todas as vezes que Liverpool e Lincoln se enfrentaram, foi pela segunda divisão ou pelas Copas Nacionais. O saldo acaba sendo muito positivo para nós: em 23 jogos realizados entre 1893 e 1961, foram 13 vitórias, 5 empates e 5 derrotas.


Porém, quando puxamos os últimos 5 confrontos, a situação azeda: foram 3 derrotas e 2 vitórias apenas. Seria uma bênção nunca mais termos enfrentado eles? Claro que não, o panorama atual mudou, na época o Liverpool passara anos na segunda divisão, hoje é o atual detentor da Premier League contra uma equipe da terceira divisão.


Mas vale lembrar que recentemente o Lincoln City surpreendeu na FA Cup. Em 2016/17, o time chegou nas quartas de finais, eliminando o Burnley nas oitavas, que já estava na Premier League. Além de ter passado pelo Brighton, vice-campeão da Championship naquela temporada.


O Lincoln acabou caindo nas quartas para o Arsenal em derrota por 5 a 0 no Emirates.


2. Carrascos em pé de igualdade

Embora o confronto seja amplamente favorável ao Liverpool, os carrascos atuam em pé de igualdade. Billy Liddell, um dos maiores artilheiros da história do Liverpool com 228 gols, e Bert Linnecor, meia esquerda do Lincoln City, dividem a artilharia do confronto com 5 gols cada. Porém, o universo foi muito mais bonzinho com o ídolo do Lincoln do que com o artilheiro histórico dos Reds e herói da segunda guerra mundial.

Bert Linnecor, ídolo do Lincoln City e carrasco do Liverpool.

Linnecor atuou em 6 partidas contra o Liverpool, marcando 5 gols. Três deles foram em um hat-trick icônico dentro de Anfield em 1960, garantindo uma vitória por 3x1 para os visitantes. Ainda marcou em mais duas oportunidades, em 1958, na vitória por 3x2 do Liverpool em Anfield, e em 1959, marcando um dos 4 gols da vitória do Lincoln sobre o Liverpool por 4x2 no Sincil Bank, lendária casa dos nossos adversários.


Já Billy Liddell, um dos atacantes britânicos mais temidos de todos os tempos, também não poupou o Lincoln de seu faro de gols. Porém o universo não o recompensou com justiça em confrontos contra eles. Liddell fez 5 gols em 12 partidas contra os adversários da pequena Lincoln.


Em todas as ocasiões que ele chegou às redes, apenas em uma saiu vitorioso, ao marcar o gol da vitória em Anfield em um simples 1x0, em 1958. Nas demais ocasiões, foi responsável por garantir um empate, marcando 2 gols em um 3x3 em 1954 no Sincil Bank, e por marcar os 2 gols descontando o 4x2 contra o Lincoln City dentro de Anfield em 1955.


3. Lincoln é um prato cheio para os fãs de história

Catedral de Lincoln, edifício mais alto do mundo por mais de 200 anos, é um dos pontos turísticos da cidade

Se o futebol não é o forte de Lincoln, a história da cidade é riquíssima. Lincoln foi uma das quatro cidades que portaram a escritura original da Magna Carta, primeiro documento histórico a limitar o poder dos reis europeus, sendo até hoje disposta no Castelo de Lincoln para visitação.


Não contente em deter em sua posse um dos mais importantes documentos da história, Lincoln também decidiu manter por muito tempo o maior edifício do mundo.


Hoje com os imponentes 828 metros do Burj Khalifa, em Dubai, detendo o título de maior prédio já construído, e com a futura Jeddah Tower, na Arábia Saudita, prometendo chegar a 1 km de altura, os atuais 147 metros da Catedral de Lincoln, que já chegaram a 159 metros antes do colapso da antiga torre, podem não impressionar. Mas por mais de 200 anos, a gigante catedral foi a construção humana mais alta do mundo.


4. Oito jogadores já jogaram em ambos os times.

John Chadburn, Bruce Grobbelaar, Ted Hancock, Jack Hobbs, Bill Hunter, Brian Jackson, Mervyn Jones e Ted Savage. Estes são são os 8 jogadores que atuaram tanto pelos Reds quanto pelo Lincoln. Nem precisamos dizer quem foi o jogador de maior sucesso, não é mesmo? Porém destes, apenas 2 vieram direto do Lincoln para o Liverpool.


Ted Savage veio em 1931 e Jack Hobbs em 2005. Ted atuou como zagueiro por 6 temporadas participando de 105 partidas e marcando apenas 2 gols. Já Hobbs atuou em meras 5 partidas, mesmo com cinco anos de contrato com o Liverpool, ficando entre 2005 e 2009. Atualmente é zagueiro do Bolton Wanderers aos 32 anos de idade jogando na quarta divisão inglesa.


Quanto aos demais, John Chadburn era lateral direito e realizou apenas 2 partidas pelo Liverpool em 1903; Ted Hancock era atacante e atuou em 10 partidas entre 1932 e 1933; Bill Hunter também era atacante e realizou apenas uma partida pelo Liverpool em 1909; e Brian Jackson era outro lateral direito, sendo titular durante os anos sombrios dos Reds, atuando em 133 jogos e marcando 11 gols entre 1951 e 1958.


Já Bruce Grobbelaar dispensa as apresentações. O lendário goleiro merecia um post para si, tendo realizado 628 partidas pelo Liverpool e empilhado troféus. O goleiro zimbabuense é disparado o mais vitorioso e mais importante jogador dentre os mencionados.


5. O evento mais importante do Sincil Bank


O Sincil Bank é um pequeno estádio com capacidade de pouco mais de 10 mil torcedores, e é a casa do Lincoln City desde sua abertura em 1895. Fundado em 1884, o Lincoln jogou por 10 anos em um terreno alugado da cidade até construir o Sincil Bank.


Em 125 anos de história do pequeno estádio, as maiores glórias vistas ali ocorreram em 1958 e em 1966.


A primeira, foi a visita da monarca Elizabeth II ao estádio. E a segunda, foi um festival de rock que uniu alguns dos maiores nomes do rock britânico na década de 60, como o The Who, The Kinks e The Yardbirds.


Não é uma piada. Acostumado a ter poucas conquistas no futebol, restritas a alguns títulos de divisão inferior, a grande marca dos estádios provém de eventos à parte do futebol.


O estádio do seu time já recebeu a rainha? E o The Who? Certamente não, mas eles podem se orgulhar disso.


Enfim, depois de 59 anos Lincoln e Liverpool voltam a se enfrentar. A partida acontece nesta quinta-feira (24), a partir das 15h45 no horário de Brasília, com transmissão da ESPN Brasil.