Buscar
  • Felipe Sales

Informações e previsões para a temporada 2020/21 do Liverpool

Texto por @_salesfelipefs da Liverpool BR News

Nova fornecedora, novas aparências e uma grande expectativa (Foto: liverpoolfc.com)

Após a conquista inédita da Premier League e o 19º título inglês, o Liverpool retorna aos gramados no sábado (29) pela Comunnity Shield, a Supercopa da Inglaterra. Já estamos ansiosos para o retorno dos Reds e temos uma prévia do que será a temporada 2020/21.

A equipe titular deverá continuar a mesma com Alisson, Alexander-Arnold, Van Dijk, Gomez e Robertson; Henderson, Fabinho e Wijnaldum/Keita; Salah, Firmino e Mané. Tivemos apenas uma contratação até o momento e dificilmente veremos muitas chegadas.

O nosso novo contratado é o lateral-esquerdo Tsimikas, que chegou para preencher a lacuna na reserva de Andy Robertson. A contratação mais esperada é a de Thiago Alcântara, meio-campista do Bayern de Munique que está sendo especulado no Liverpool há um bom tempo. Fontes confiáveis informam que já existe um acerto entre o clube e o jogador, restando apenas a negociação do valor que será pago junto aos bávaros.


Outras chegadas dependem de possíveis saídas de atletas do atual elenco, Loris Karius, Harry Wilson, Marko Grujic, Xherdan Shaqiri e Divock Origi estão na lista de negociáveis e podem seguir o caminho do zagueiro Dejan Lovren que foi contratado pelo Zenit, da Rússia. Com a possível negociação desses atletas, o clube poderá ir ao mercado para reforçar o elenco.


Outra potencial saída é a do holandês Georginio Wijnaldum, que até o momento não renovou o seu contrato com os Reds, o seu vínculo com o clube se encerra no dia 30 de junho de 2021, podendo assinar um pré-contrato com qualquer equipe a partir de janeiro e sair gratuitamente.

Tudo indica que esta será a último temporada de Wijnaldum no Liverpool (Foto: liverpoolfc.com)

Previsões para a temporada


Para a artilharia do ano, aposto em Mohamed Salah, que vem de seguidas temporadas com números e atuações incríveis. O maior assistente acredito que será Trent Alexander-Arnold - ok, palpite óbvio -. Já o destaque do ano, repito o meu voto no egípcio. Salah tem de tudo para manter o alto nível e se firmar como um dos principais jogadores do futebol mundial.


O jogador que mais evoluirá será Takumi Minamino. Confio muito no potencial do japonês, e depois de um período de adaptação, vejo que será utilizado como backup do ataque. Mas menção honrosa ao jovem Brewster, que fez uma excelente Championship pelo Swansea e deve se tornar uma figura cada vez mais presente no elenco principal.

Apesar da Community Shield não ser uma conquista de primeiro escalão, começar a temporada com um título sempre é bom. O Liverpool é o favorito diante o Arsenal e os Reds podem levantar a sua 16° taça da Supercopa da Inglaterra já nesse sábado (29).

No cenário nacional, vejo que, ao lado do Manchester City, o Liverpool é um dos principais favoritos ao título da Premier League. O primeiro jogo será em Anfield - ainda sem a presença da torcida - no dia 12 de setembro diante o Leeds United.


Alguns clubes poderão brigar pelo topo da tabela, como o Arsenal, o Chelsea e o Manchester United, mas a chance de os Reds conseguirem o bicampeonato é enorme. A manutenção das principais peças do elenco e um intenso estilo de jogo, que vem impressionando o mundo da bola nas últimas temporadas, são alguns dos principais fatores para essa projeção. Além do fortíssimo sistema defensivo e um ataque muito bem articulado, isso faz do Liverpool favorito ao título.

Depois de 30 anos de jejum, o torcedor volta a ter esperanças de título inglês (Foto: liverpolfc.com)

Já nas copas, Klopp dará mais espaço aos reservas e priorizará a rotação do elenco, e isso será importante para o descanso dos nossos titulares e consequentemente ajudará na evolução dos jovens como Neco Willians, Curtis Jones, Harvey Elliott e Rhian Brewster. A rotação também será positiva para a adaptação do grego Tsimikas à equipe.


Podemos sim brigar pelos títulos pois os principais concorrentes também aproveitam as primeiras fases das copas como “laboratório” e caso o time chegue as fases finais, os titulares poderão ser utilizados e dessa forma lutaremos para alcançar a conquista das copas.


Para a Champions League, mesmo com a eliminação nas oitavas de finais na última edição, também figuramos entre os favoritos na briga pela “orelhuda”. Nossos jogadores estão entre os melhores do mundo em suas posições, a nossa equipe tem um padrão de jogo bem definido e todas as peças sabem como atuar nas diversas situações de jogo.


Com a possível chegada de Thiago Alcântara, teremos um upgrade em nosso meio-campo, consequentemente maiores possibilidades na variação de jogo e repertório durante as partidas. É bem difícil apontar um esquema que seja mais elaborado e funcional que o de Jürgen Klopp. Existem fortes concorrentes, porém tudo indica que o Liverpool estará na busca pelo título da competição europeia.


Esse texto é apenas uma projeção que foi construída após a análise das últimas temporadas e do desempenho individual e coletivo da equipe.