Buscar
  • Marco Aurélio Júnior

Giambattista Rossi: "o Liverpool precisa mesmo de Werner agora?"


Timo Werner é o principal nome ligado ao Liverpool atualmente (Foto: Divulgação/Bundesliga)

Por conta da pandemia do coronavírus, o que vai acontecer no mercado de transferências é uma incógnita. Ninguém sabe como as coisas vão andar, apenas sabemos que o futebol está voltando. Contudo, o Liverpool segue tendo alguns nomes linkados pela imprensa, e o mais forte é Timo Werner.


Na última sexta-feira, 29, conversei com o Dr. Giambattista Rossi, especialista em mercado esportivo e professor do Departamento de Gestão da Birkbeck University of London. Falamos sobre o futuro do mercado de transferências e como o Liverpool deve se comportar.


"O problema no momento não é comprar, não é querer um jogador, mas sim entender quais as reais consequências disso. No momento, a única coisa que podemos fazer é especular" - Giambattista Rossi

Sabemos que o Liverpool de Klopp não é de contratar muito. Já são três janelas de transferências seguidas com poucas chegadas para o time principal. Para a atual temporada mesmo contratamos apenas o goleiro Adrián, de graça, e o atacante Takumi Minamino, já depois da fase de grupos da Champions League.


Com isso, se lê muito em grupos de WhatsApp e no Facebook que o Liverpool precisa contratar, que todos querem Timo Werner, por exemplo. Mas na Inglaterra não é por aí. "Uau, aqui só falamos do retorno da Premier League. Mercado de transferências é muito raro de ver notícia no momento", respondeu Giambattista quando falei que no Brasil se fala muito de nomes sendo ligados ao Liverpool.


Como deve ficar o mercado de transferências?


Segundo Giambattista Rossi, o cenário das transferências no futebol mudará bastante. Agora pelas incertezas e em breve pelas consequências da pandemia. Uma das principais mudanças é na ocorrência de grandes contratações.


"O grande problema não é você querer comprar um jogador, mas se você poderá assinar e cumprir o contrato. A pandemia implica em novas questões contratuais, como a segurança do jogador, que são questões que os atletas não vão abrir mão e precisam estar claras no contrato", disse Giambattista Rossi. "Quando você assina, você precisa pagar o ex-clube do jogador e também pagar os salários do jogador. Não importa se o time está jogando ou não, você vai ter que pagar o salário", completou o pesquisador em valor econômico de jogadores profissionais de futebol.


Outra mudança se dá na exploração dos grandes clubes em ligas medianas, como Portugal e Holanda. "Nas condições normais os clubes explorariam essas ligas como já fazem, mas agora não. Provavelmente os times focarão nos jovens que já estão no clube e em jogadores que estão emprestados para compor o elenco", comentou.


Já sobre ligas menores, como as sul-americanas, Giambattista crê que será ainda mais difícil os clubes grandes explorarem. "Quando você vê jovens jogadores no Brasil, na Argentina, eles já estão contratados por clubes de fora. Nesse momento não acredito que as ligas menores serão bem exploradas".


Quais os problemas de trazer Timo Werner agora?


Na conversa, o Dr. Giambattista Rossi falou que acredita que o Liverpool pode comprar tudo que quiser, o clube tem poder financeiro. Mas ao mesmo tempo as incertezas que rondam o mundo afetam o poder de decisão de todos os times de futebol.


Justamente por precisar de dinheiro, o pesquisador não acredita que seja uma boa trazer Timo Werner. "O problema não é falar 'eu quero comprar Timo Werner', mas sim ter que falar 'eu preciso do dinheiro para outras coisas'. Por exemplo: Barcelona quer Lautaro Martinez e ofereceu três jogadores em troca. Mas a Inter está falando 'eu não me importo em trazer jogadores agora, eu quero o dinheiro'. Ou seja, o problema não é comprar, é o que é mais importante agora. E o mais importante é a liquidez, o dinheiro", analisou Giambattista.


Os clubes precisam se perguntar das suas necessidades no momento, para não fazer nenhuma jogada errada. "Para comprar você precisa vender. Mas o Liverpool é do tipo que vende jogadores abaixo do preço? Eles precisam ter certeza que têm espaço suficiente para comprar", comentou o PhD em Gestão Esportiva. "Então, o Liverpool realmente precisa de Timo Werner agora ou em seis meses? Essa é a pergunta chave. O técnico está querendo, mas eu não sei se vale os riscos", completou Giambattista Rossi.