Buscar
  • Pedro Henrique

Digerindo o pior o momento do Liverpool na era Klopp


FOTO: Getty Images

Desde sempre é o Liverpool deixar de vencer e a minha semana acaba. Sigo mau humorado até o próximo jogo e aí, em caso de vitória, só assim posso descansar a mente e seguir de forma tranquila. O problema disso tudo é que na fase atual do Liverpool, que já coleciona cinco jogos sem vencer, e em quatro deles sem fazer um gol sequer, esse pesadelo parece não chegar ao fim.


Sinto que voltei pra 2012, quando estávamos na beira do precipício, só aguardando o golpe de misericórdia chegar. Só que quando ligo a TV ou procuro informações sobre o time, percebo que o que está por vir pode ser ainda pior. Afinal de contas, pra mim é mais fácil aceitar que um time ruim esteja mal, do que um elenco recheado de craques e com diversas opções esteja protagonizando o fiasco que estamos vendo.


E é aqui que eu quero fazer vocês pensarem. Até que ponto a torcida do Liverpool se esconde atrás do discurso do "you''ll never walk alone"?


Temos o melhor goleiro do mundo, Alisson. Mesmo não jogando, Van Dijk também encabeça a lista dos melhores de sua posição fácil. Wijnaldum é um dos meio campistas mais desejados da Europa. Fabinho dispensa comentários, e Henderson é o cara mais influente dentro e fora de campo do seu país. Sem falar de Thiago, que deixou de jogar com Lewandowski pra jogar aqui.


Quando vamos para o ataque a coisa fica ainda mais bizarra. Vemos o Real Madrid sofrendo pra montar um ataque decente pra competir na UCL. Temos o PSG que foi buscar o Kean, encostado no Everton, pra ver se consegue achar um centroavante. O Barcelona sofre com Dembele porque não tem outro.


Talvez só o Bayern supera o nosso setor ofensivo. E eu fico no talvez. Pois Mané, Salah e Firmino, como um conjunto, na ponta dos cascos, são imbatíveis pra mim.


E eu nem citei a dupla de laterais, hein?


Devemos apoiar o Liverpool. Acreditar sempre que no fim da tempestade veremos um céu dourado. E eu sigo confiando nisso, e também em Klopp e seu trabalho. Mas isso não quer dizer que devemos passar pano para os erros que vem sendo cometidos nos últimos tempos.


Críticas construtivas é bem diferente de ingratidão, e é importante que isso fique bem claro.


Temos o direito de reclamar, pois o clube é dos torcedores, seja eles nativos, aqui do Brasil ou lá do interior da ì Índia. E não podemos aceitar por exemplo, que Alexander-Arnold cruze 22 bolas na área e acerte apenas uma vez. Ou que o Gini seja tão improdutivo como nunca. Que Salah tente jogadas displicentes como estamos vendo, ou que o nosso CA perca gols de forma bisonha como ontem...


Qual o motivo pra tamanha queda de desempenho do time? O conjunto está saturado? Tem algum problema interno? Nós merecemos as respostas e não as palavras vazias e muitas vezes irônicas, que são usadas por Jurgen Klopp para esconder o real problema.


Está longe de ser normal um time multicampeão e com recursos ilimitados apresentar um futebol tão pobre como estamos vendo. E a realidade é que uma vaga na próxima Champions League está ficando cada vez mais distante.


É hora do clube repensar, pois é como dizem: "É mais difícil se manter no topo do que chegar lá."


Por aqui o YNWA continua sendo real, mas eu sigo questionando e criticando, sempre com muita honestidade e de forma ponderada, entendendo o momento atual e o clube que torço! #RedOrDead


JÁ CONHEÇE O NOSSO PERFIL NO INSTAGRAM? ENTRE AGORA E SIGA O NOSSO PERFIL PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O LIVERPOOL E A PREMIER LEAGUE