Buscar
  • Caio Victor

Curtis Jones e o futuro no Liverpool


FOTO: liverpoolfc.com

Curtis Jones vem de ótimas atuações com a camisa do Liverpool, o que dá margem para a pergunta: Ele pode se tornar uma estrela?


Nascido em Liverpool, mais precisamente em Toxteth, em 30 de janeiro de 2001, nosso scouser apenas chegou a base do clube em 2010 quando ainda tinha 9 anos. Hoje, com 19 e já na equipe principal do time, Jones busca, aos poucos, seu espaço na equipe e tem ido muito bem quando recebe oportunidades.


Jones fez sua estreia na Premier League na vitória por 3 a 0 contra o Bournemouth, no Dean Court. Ele voltou a ter uma oportunidade na liga mais competitiva do mundo no jogo contra o West Ham, em Londres.


O melhor momento de Jones, sem dúvida foi contra o Everton, na Copa da Inglaterra, quando o garoto acertou um lindo chute na gaveta do goleiro Pickford e decidiu o clássico, que foi vencido por 1-0. Com o time alternativo jogando na FA Cup, o meio campista vem comandando a garotada dentro de campo.


Nas duas partidas contra o Shrewsbury ele também fez grande partida, marcando gol e mostrando a técnica impressionante que tem. Outro ponto alto foi a posse da braçadeira de capitão, que ficou nas mãos de Jones (que já é capitão do sub-23) no segundo jogo. O inglês se tornou o jogador mais jovem a usar a braçadeira, com 19 anos e 5 dias.


Sem dúvida Jones tem talento, mas a concorrência no setor de campo que ele joga é insana. Henderson, Chamberlain, Keita, Wijnaldum, Lallana e até Shaqiri estão a frente dele neste momento. Klopp e sua comissão técnica precisam lapidar o jovem tanto esportivamente quanto psicologicamente. Não deve ser fácil pra um jogador, ter que esperar sua vez em um clube tão concorrido quanto o Liverpool, portanto na próxima temporada um empréstimo pode ser considerado.


Particularmente não me agradaria, penso que Jones deve ser treinado por Klopp, já que um grande técnico faz toda diferença na carreira de um jogador. E a diretoria parece seguir essa linha de raciocínio, cogitando até uma possível venda de Harry Wilson, outra grande promessa, para não atrapalhar o desenvolvimento de Jones.


Tenho certeza que nos próximos anos Curtis pode se tornar uma grande estrela do maior time da Inglaterra!


Já leu na entrevista que fizemos com James Pearce, um dos mais confiáveis jornalistas que cobrem o Liverpool FC? Corre lá!