Buscar
  • Felipe Sales

Cinco grandes contratações que decepcionaram em Liverpool

Atualizado: 17 de Mai de 2020

Muitos atletas chegaram ao Liverpool com uma enorme expectativa da torcida e acabaram não desempenhando o papel esperado em campo, sendo conhecidos como os famosos “Flopp”.


Embora existam muitos, listei cinco destaques que vieram como grandes contratações, ou promissoras, e terminaram não deixando lembrança alguma para o torcedor do Liverpool.


Andy Carroll (2011 - 2013)


Andrew Carroll assinou com o Liverpool no dia 31 de janeiro de 2011, vindo do Newcastle por 35 milhões de libras.


O atacante inglês foi a contratação mais cara da história Liverpool até então, chegando para substituir Fernando Torres. Mas a sua passagem não foi nada animadora. Demorou para estrear por conta de uma lesão e seu “ápice” foi o gol na semifinal da Copa da Inglaterra diante o Everton, levando os Reds para a final. Em 58 jogos anotou apenas 11 gols e atuou na maioria das vezes saindo do banco de reservas. Foi vendido ao West Ham em 2013.


Lazar Markovic (2014-2019)


Lazar Markovic foi contratado pelo Liverpool em 15 de julho de 2014 pelo valor de 12,5 milhões de euros, vindo do Benfica.


O sérvio chegou a figurar na lista das 30 maiores promessas do futebol pela Gazzetta Dello Sport, o que chamou atenção do Liverpool. A sua passagem pela equipe inglesa foi marcada pelos empréstimos, cinco entre 2014 e 2019. Foram 37 jogos e quatro gols pelos Reds.


Atualmente, Markovic joga pelo Partizan Belgrado, time que o revelou para o futebol.


Mario Balotelli (2014-2016)


Mario Balotelli chegou ao Liverpool no dia 25 de agosto de 2014, vindo do Milan por 20 milhões de euros. O atacante italiano já havia atuado no futebol inglês durante dois anos pelo Manchester City.


O “bad boy” precisou assinar uma espécie de “termo de boa conduta” para fechar com os Reds, visto que sempre colecionou polêmicas por onde passou e a diretoria do clube não queria que isso se repetisse em Melwood. No Liverpool a sua trajetória não foi muito agradável, o relacionamento com o técnico Brendan Rodgers não era dos melhores. Foram 28 jogos e quatro gols pelos Reds. Atualmente joga no Brescia.

Alberto Aquilani (2009-2012)


Alberto Aquilani foi contratado pelo Liverpool no dia 05 de agosto de 2009 por 20 milhões de libras, vindo da Roma. O meia italiano chegou aos Reds para suprir a vaga deixada por Xabi Alonso.


Logo na sua primeira temporada enfrentou diversos problemas para conseguir um lugar na equipe titular, perdendo espaço para o argentino Javier Mascherano e para o brasileiro Lucas Leiva. Aquilani não conseguiu se firmar na equipe principal, participando de 28 jogos e marcando dois gols. As seguidas lesões impediram uma passagem melhor e o jogador foi comprado pela Fiorentina em 2012.

Joe Cole (2010-2013)


Joe Cole foi anunciado pelo Liverpool no dia 19 de junho de 2010, chegando de graça após o fim de seu contrato com o Chelsea.


Um dos objetivos com a contratação de Cole era mostrar para Fernando Torres e Steven Gerrard que o clube estava buscando se reforçar e assim afastar o interesse de outras equipes em cima dos principais craques do elenco. O badalado meio-campo da seleção inglesa não atendeu a expectativa criada pela diretoria e muito menos pela torcida na sua passagem. Cole somou 42 jogos e apenas cinco gols pelos Reds, foi vendido ao West Ham, seu clube formador.



Quem diria que o clube que melhor contratou nos últimos anos teria flopps tão grandes? Ainda mais com nomes que poderiam ser sucessos, como Joe Cole, que vestiu a camisa 10, e Markovic, que era uma enorme promessa mas você provavelmente nem sabia que estava no clube até ano passado.