Buscar
  • Caio Victor

Atletico de Madrid, e agora?


Sabíamos que nosso adversário estava entre Real Madrid, Lyon, Atalanta, Borussia Dortmund e Atlético de Madrid. De toda forma, não seria nada fácil. O sorteio nos colocou contra o time de Diego Simeone. Bom, grande confronto.


Mas o que esperar dos Colchoneros?


O Atlético vive uma fase bem complicada. Nunca Simeone foi tão pressionado por resultados e exibições melhores. Mas, a verdade é que o time não engrena. Apesar de ter bastante talento, joga um futebol bem pobre de idéias ofensivas, o que coloca em xeque a capacidade do treinador.


Os € 126 milhões investidos na jóia portuguesa João Félix, junto de Renan Lodi, Felipe e Trippier são algumas das contratações que os espanhóis fizeram pra atual temporada. Sem falar nos quase € 100 milhões que pagaram pra contratar Thomas Lemar, em 2018.


Simeone ainda não encontrou equilíbrio na equipe, que faz boas exibições, como contra o Lokomotiv na última rodada da fase de grupos da Champions, e partidas arrastadas como o zero a zero contra o Villarreal, plea La Liga. Espero que eles continuem com dificuldades até o dia dos confrontos, que acontecem nos dias 18/02 e 11/03, no Wanda Metropolitano e em Anfield, respectivamente.


LEIA TAMBÉM: C L A S S I F I C A D O S


O principal jogador do Atletico é João Félix, mesmo com apenas 20 anos de idade. O português chegou pra "substituir" Antoine Griezmann, negociado com o Barcelona. No meio dessa equipe que tem sérias dificuldades pra criar oportunidades de gol, João é o que mais tenta e se destaca. É um jogador de muita qualidade, mas não é só ele que preocupa.


Saúl, meio campista espanhol, controla o meio campo como poucos e tem arremate de média distância. Oblak, goleiro esloveno, é um dos melhores do mundo. Héctor Herrera, Koke e Thomas Partey também são peças importantes na equipe. Além de Renan Lodi, que tem grande qualidade no apoio ao ataque. O comando de ataque gera dúvida. Álvaro Morata vive melhor fase, mas Diego Costa (atualmente machucado) pode vir a ser o titular, caso permaneça, já que tem propostas do futebol chinês e de times brasileiros.


A primeira partida, que será em Madrid, deve dizer muito do que vai ser o confronto. Tenho a impressão que Simeone vai tentar explorar o contra-ataque, mesmo jogando em casa. Além da conhecida e perigosa bola parada. Morata, Felipe e Hermoso são alguns dos bons cabeceadores que a equipe tem. As cobranças de faltas de João Félix e Trippier também podem ser perigosas.


Estrategicamente, seria muito ruim pro Liverpool perder esse jogo sem marcar gol. Até acho que não vai acontecer, mas levar um 2 a 0 na bagagem quando voltar à Inglaterra seria desastroso. Simeone consegue se defender como ninguém, seria muito difícil reverter esse resultado. Mas, claro, impossível não é. Lembremos que o Atlético de Madrid, na mesma fase e na mesma competição no ano passado, enfrentou a poderosa Juventus. Venceu por 2 a 0 em Madrid e perdeu por 3 a 0 em Turim, com show de Cristiano Ronaldo.


Enfim, é certo que teremos um excelente confronto, dois grandes jogos e escolas de treinadores diferentes. Mané contra João Felix. Alisson contra Oblak. Klopp contra Simeone. Meu palpite? Iremos às quartas de finais com um 2 a 2 em Madrid e 1 a 0 em Anfield. Com emoção!