Buscar
  • Caio Victor

A garotada do Liverpool dá conta do recado!


Foto: liverpoolfc.com

Hoje foi dia de FA Cup e o Liverpool venceu o Shrewsbury Town em Anfield, por 1 a 0, em jogo válido pela quarta fase da Copa da Inglaterra.


A partida ficou marcada por conta da decisão de Jurgen Klopp em não mandar o time principal a campo, por conta das férias de inverno concedida pela Premier League, que nada mais é que um intervalo de 15 dias sem jogos, para que as equipes se recuperem da loucura que é o calendário de fim de ano na Inglaterra.


Por conta dessa decisão a FA (The Football Association) decidiu barrar toda e qualquer transmissão da partida no mundo todo, sabe-se lá porque, mas de nada adiantou. Links desconhecidos foram descobertos e por fim toda a galera assistiu o jogo que ninguém queria que fosse visto.


Brexit confirmado, e agora? Saiba o que pode ou não mudar com a saída do Reino Unido da União Européia


O Liverpool dominou completamente a primeira etapa. Com uma ótima saída de jogo capitaniada pelo bom volante Chirivella, o time se manteve o tempo todo no campo de ataque. Curtis Jones, a estrela do time, fez um excelente primeiro tempo. O jovem meia deu caneta, lençol, cruzamento de letra e tudo mais. Desfilou em campo. Nosso lateral direito, Neco Williams, fez mais um bom jogo. Ofensivo e intenso, foi a principal válvula de escape do time.

Tínhamos a posse de bola, mas fomos poucos efetivos e não conseguimos incomodar muito o goleiro Max O´Leary.


No início do segundo tempo, o Shrewsbury foi pro ataque tentando surpreender os meninos do Liverpool. No estilo ‘old school’, com bola aérea e força física, eles levaram algum perigo a meta de Kelleher. Os sustos se tornaram pesadelo quando o time visitante abriu o placar. Felizmente tinha VAR, que anulou o gol corretamente por impedimento. O Liverpool acordou depois disso, Williams teve ótima chance, mas o goleiro adversário fez bonita defesa com os pés. Jones também teve possibilidade de marcar, mas quando não era o goleiro, os zagueiros do Shrewsbury que salvavam. Até que, aos 31’ minutos, Williams deu ótimo lançamento para Curtis Jones, o zagueiro RoShaun Williams tentou cortar e mandou para a própria meta, a bola encobriu o goleiro e foi parar no fundo da rede.


Não foi um espetáculo de jogo, mas os garotos conseguiram uma atuação consistente e o mais importante, a classificação para as oitavas de final.

Jones se tornou o jogador mais jovem a ser capitão do Liverpool. 19 anos e 5 dias. (Foto: Getty Images)

Melhor em campo: Curtis Jones. Mais uma vez jogou muito bem. Comandando a parte ofensiva da equipe, mostrou que tem muito talento a ser lapidado por Klopp e sua comissão técnica.


Destaque positivo: Neco Williams. Provou que pode sim ser um excelente reserva pra Alexander-Arnold, a longo prazo. O jovem lateral tem boa técnica e muito fôlego pra subir ao ataque a todo momento.


Destaque negativo: FA. Uma federação que não respeita o calendário dos times, que corta qualquer transmissão da partida por pura retaliação e faz de tudo para prejudicar um clube, não pode ser levada a sério.


O Liverpool volta a campo somente daqui duas semanas, contra o Norwich, dia 15/02 pela 26ª rodada da Premier League.