Buscar
  • Felipe Sales

2020/21: A temporada das lesões

Texto por @_salesfelipefs da @lfcbrnews

Van Dijk rompeu o LCA do joelho esquerdo no último dia 27 de novembro diante o Everton.

(Foto: Reprodução/EuroSport)



Desde o início da temporada, o Liverpool vem sofrendo com diversas lesões no elenco. Do time considerado titular apenas Robertson, Wijnaldum, Salah e Firmino não se contundiram. O egípcio desfalcou a equipe em alguns jogos, mas o motivo foi a covid. Joe Gomez e Matip só retornam na próxima temporada e tudo indica que esse deve ser o mesmo destino de Virgil Van Dijk.


James Milner foi substituído aos 15 minutos na última partida após sentir uma "fisgada" no posterior da coxa.(Foto: Liverpoolfc.com)


Alisson, Arnold, Tsimikas, Thiago, Henderson, Chamberlain, Shaqiri e Mané já ficaram de "molho" na temporada. Kelleher, Davies, Fabinho, Origi e Milner foram as novidades no departamento médico. Diogo Jota e Naby Keita estão recuperados de suas respectivas lesões e iniciaram a fase final de transição para os treinos com o elenco, o guineense recebeu uma atenção especial e está realizando um trabalho visando o fortalecimento muscular. Keita retornou aos treinos com o grupo nesta manhã, assim como Davies e Origi.


Tendo em vista tantos problemas com desfalques, a quantidade de jogos e atualização diárias do DM, a temporada 2020/21 se tornou um pesadelo para os Reds. O setor que mais sofreu foi a defesa, Klopp já teve 16 duplas diferentes na zaga e precisou se apressar no último dia da janela de transferências para conseguir a contratação de dois zagueiros: Ben Davies vindo Preston End e Ozan Kabak contratado por empréstimo junto ao Schalke 04.


Kabak fez a sua estreia na derrota por 3-1 diante o Leicester. (Foto/Reprodução: The Athletic)


O impacto de tantos desfalques é nítido. Com 24 jogos na atual temporada da Premier League somamos 40 pontos. Já em 2019/20 conquistamos 70 com o mesmo número de partidas. O momento atual não é bom dentro e fora dos gramados, sofremos com a parte física e isso vem sendo um grande problema ao nosso estilo de jogo que necessita de intensidade. A busca pelo título foi embora, o objetivo atual é se classificar para a próxima edição da Champions League.